27 de nov de 2012

RESENHA: Néctar hidratante corporal de Pitanga, da Natura Ekos


Sou muito fã da linha Ekos, da Natura. Acho todos os seus produtos supercheirosos, desde os sabonetes em barra até os cremes de mão. A empresa se preocupou até em expandir os da maravilhosa gama Mate Verde, que é dedicada exclusivamente ao público masculino. Minha fragrância preferida, porém, é a de pitanga (tradicional).

No ano passado, começaram a circular pelos catálogos da marca néctares e polpas hidratantes corporais em potes de 400 ml, o que achei excelente, mas lamentei porque não havia de pitanga. Em vez disso, acabei comprando a polpa de andiroba, linha que também adoro (na verdade, gosto de todas – hehe). Trata-se de um creme bem espesso, todavia facilmente absorvido pela pele, que deixa uma perfumação maravilhosa por um belo par de horas.

A única coisa que não aprovei foi o fato de não ter como travar o “pump” da embalagem, aí o creme vai secando no canudo, entupindo-o. E outra coisa: quando está no finzinho, começa a emperrar, isto é, a gente aperta, aperta e não sai nada. Então o jeito é tirar a tampa e bater o pote na mão. Cheguei a escrever um e-mail para a Natura no ano passado sobre isso, mas até hoje não obtive resposta, exceto por uma confirmação de recebimento, e que minha mensagem seria encaminhada aos responsáveis.

Bom, voltando ao assunto, a Natura, percebendo o sucesso de vendas dessas polpas/néctares, resolveu lançar o produto com o delicioso aroma de pitanga. Gosto dele pois, apesar de ser considerada uma fruta vermelha, a pitanga não tem um perfume demasiadamente doce, chega até a ser um pouquinho cítrico, ideal para os dias quentes. Bem refrescante mesmo!

A diferença deste lançamento com o já consagrado hidratante corporal de andiroba — além do cheiro, é óbvio — começa na textura, que é bem mais leve, e a fragrância tem menor fixação. É por isso que recomendo, ao menos para quem quer manter o cheirinho de pitanga no corpo por mais tempo, o óleo trifásico, bem mais forte. O “pump” sem trava continua ali, mas de qualquer maneira aprovei a iniciativa da Natura em ampliar sua linha Ekos. Agora só falta eles relançarem o há muito tempo extinto óleo trifásico Mate Verde. Aguardemos.

6 comentários:

  1. Toda a linha Natura Ekos, é uma experiência sensorial incrível né?
    Verdadeiramente amo!
    Abraços!

    Senhor do Século

    ResponderExcluir
  2. Eu também adoro, são megacheirosos, não?
    Abração, Dimas, e ótimo fds!
    =)

    ResponderExcluir
  3. Gosto muitão dessa linha da natura de hidratantes, já testei vários e são sempre super cheirosos, mas concordo com vc com relação ao "pump" realmente a empresa deveria dar uma atenção melhor com relação a esse problema! mas são ótimos!

    Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom ver que não sou o único a não gostar desse pump - hehe. Mas o hidratante é uma delícia, sim, como praticamente tudo q já experimentei da Ekos.
      Abração e obrigado pela visita!
      :D

      Excluir
  4. Muito show adoro toda a linha ekos da natura e o meu favorito é o de pitanga é maracujá fantástico mesmo. adoro esse hidratante ele é perfeito.
    Da uma passadinha no meu blog ?
    -> Estilo 4 U

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maracujá era minha linha favorita até uns anos atrás, hj já não gosto tanto, embora ainda use o creme de mãos (o de castanha já enjoei - hehe). Pitanga e Mate Verde são minhas linhas preferidas de todas, mas andiroba não fica mto atrás!
      Abração, Wagner, e obrigado pelo comentário. Desde já um ótimo fds!

      Excluir