4 de jul de 2013

RESENHA: Desodorante em spray e sabonete em barra 'Senador Sport'


Semana passada, a assessoria da gaúcha Memphis gentilmente me mandou um desodorante aerossol e um sabonete em barra para testar a linha Sport da Senador. Confesso que, mesmo conhecendo a Senador de vista há bastante tempo — ela está sempre presente nas gôndolas de supermercados e drogarias —, nunca tinha usado nada da marca. Fiquei bem satisfeito com a qualidade. Não digo que fiquei surpreso, afinal eu já aguardava esse padrão da Memphis, que também produz os cosméticos da Biocrema e Alma das Flores, tão bons quanto e amplamente elogiados pelo público.

São cinco linhas da Senador: Classic, Seduction, Platinum, Explorer e Sport. Esta última, como o próprio nome sugere, foi pensada para quem pratica atividades físicas. No frasco do desodorante está explícita a mensagem: “desenvolvido para homens modernos e dinâmicos, que precisam de máxima proteção refrescante por todo o dia”.

Desodorante
Bom, em se tratando de desodorante, de um modo geral, não posso afirmar que haja algum específico que iniba o suor ou o mau cheiro ao longo de 24h seguidas, muito menos 48h, como está assinalado no frasco. Os efeitos de "proteção ácida" ou hidratação podem até durar isso (só uma pessoa com gabarito científico para comprovar tal teoria), contudo sempre sinto a necessidade de renovar a “desodoração” nas axilas a cada 4 ou, no máximo, 5 horas, evitando o famoso “CC” (afinal, ninguém merece, muito menos eu - hehe).

Esse spray da Senador contém 150 ml e é compacto, com 14 centímetros de altura, então ele é muito prático para se levar numa bolsa ao trabalho ou à academia, não ocupa muito espaço. Quanto ao cheiro, ele é refrescante mesmo, possui notas que parecem mentoladas. Você passa pelo corpo e já sente um frescor que, nos dias mais quentes, proporcionam uma agradável sensação. E nem precisa passar muito para se sentir bem e protegido contra a sudorese por um tempo legal.

Sabonete
Formulado com hidratantes naturais e óleo de girassol, o sabonete é uma barra relativamente maior que a média dos sabonetes vendidos em supermercados; forma uma espuma abundante e traz a mesma essência empregada no desodorante, porém mais suave, o que deve agradar a uma fatia maior de pessoas, pois ele é mais neutro. Segundo a marca, ele “trata e previne o ressecamento da pele causado por agentes externos como sol, vento e poluição”.

Como passei a usá-lo faz poucos dias, ainda é cedo pra avaliar qual seu tempo de duração, mas por se tratar de uma barra grande e de material firme, acredito que para uma única pessoa — e penso que sabonete é algo bastante íntimo para ficar compartilhando com mais gente — ele deve render por até duas ou três semanas, dependendo de quantos banhos você toma por dia.

Outros pontos a serem destacados são o preço acessível (o sabonete, no supermercado mais próximo da minha casa, sai por aproximadamente R$ 3,50 e o desodorante, R$ 12) e as embalagens, feitas com material 100% reciclado, fazendo a Senador levar o selo da sustentabilidade. Bom para o meio ambiente, bom para nós.

2 comentários: