26 de dez de 2013

RESENHA: Leite corporal hidratante Nutritivo (Mel & Karité), da Le Couvent des Minimes


Muita gente não conhece a marca no Brasil, mas ela já está há alguns anos sendo comercializada na rede Pão de Açúcar e em loja virtual própria. A Le Couvent des Minimes, a propósito, é do mesmo selo responsável pela célebre e luxuosa L'Occitane, porém chega a ser mais antiga: existe desde 1862, fundada num convento desocupado durante a Revolução Francesa e transformada numa espécie de asilo ou casa de acolhimento para idosos, doentes e pessoas carentes.

De lá pra cá, o convento, situado na Provença — também berço da irmã L'Occitane —, virou sinônimo de cosméticos de alto padrão, fabricados com plantas cultivadas na região, além de ser sede de um refinado spa. Mas os produtos que levam seu nome são, hoje, vendidos em dezenas de países. Eu nunca tinha comprado nada da marca, até que, cerca de um mês atrás, adquiri o Leite Corporal de Mel & Karité, apelidado por aqui de "Nutritivo", e fiquei simplesmente encantado com o perfume!

O preço foi meio salgado (na verdade, paguei 52 reais numa Drogaria SP, que pelo visto está começando a revender a marca, porém no site oficial o valor é de 43 reais), já a fragrância é de uma doçura ímpar. Quando vi na prateleira que havia mel na composição fiquei receoso de que fosse detestar e achar extremamente doce, mas não.

Como já falei em diversas ocasiões aqui, é complicado descrever um cheiro, mas não custa nada tentar. Esse hidratante possui, obviamente, o aroma característico do mel, contudo vem ainda uma combinação aveludada (se é que podemos usar tal adjetivo para explicar um perfume) de baunilha. É adocicado, sim, mas sem ser enjoativo. Aliás, se tivesse de tachar esse cosmético com um único adjetivo eu usaria "viciante", tanto que dias depois voltei à drogaria e comprei o sabonete em barra (foto abaixo) da mesma linha, por 13 reais, que vem numa caixinha linda e superpresenteável.


Falando nisso, o fato de ser do mesmo grupo da L'Occitane faz com que muita gente confunda as marcas, uma vez que o design das embalagens é muito parecido, todas elas com um estilo retrô e elegante. Inclusive, lembro-me que anos atrás havia uma eau de toilette de Mel & Baunilha da L'Occitane (ela não existe mais), que devia ser bem semelhante, se não idêntica, ao dessa linha da Le Couvent des Minimes.

Bom, sobre o leite corporal, além do perfume, que é delicioso (repito mesmo - rs), a textura não é a de um creme firme. O nome já diz tudo: é um hidratante meio leitoso, mas não chega a ser líquido. Observando o rótulo, você lê que existe uma patente chamada "Fórmula 105", que agrupa óleo de semente de uva e extrato de mel, poderosa inimiga do ressecamento da pele. É só clicar na foto para ver o rótulo ampliado.


Embora seja "recomendado para peles secas", ao passar esse leite corporal nos braços, mãos ou pernas, não ficamos com aquela desagradável sensação de grude ou meleca. Ele é rapidamente absorvido, fica apenas um ligeiro brilho (sabe como quando você aplica um óleo de massagem?) por alguns minutos, além do magnífico perfume de mel.

Quem tem a pele ressacada demais e deseja espalhar esse mesmo aroma pelo corpo, existe um pote arredondado da linha Mel & Karité, comportando um creme de textura semelhante à de uma manteiga (70 reais). Vale acentuar que todos os produtos da Le Couvent des Minimes são importados da França e são extremamente recomendados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário