20 de ago de 2013

ARTE: As fotografias erótico-realistas da sueca Lina Scheynius


Esta é para os apaixonados por fotografia, grupo ao qual me incluo: a ex-modelo sueca Lina Scheynius, nos últimos anos, virou uma fotógrafa de mão cheia, registrando cenas de seu cotidiano ou de seu namorado e amigos. Quem adora belas imagens, com alguma textura e belos jogos de luz e sombra, vai se encantar com o que Lina produz.

Documentando desde um banho do namorado até um banal autorretrato, lavando louça de topless, o erotismo de seus trabalhos é feito por meio de insinuações, captura de detalhes e muita, mas muita espontaneidade. Nada é realmente explícito, embora haja nudez na maioria das vezes. Muitos desses instantâneos têm um quê de voyeurismo, como se alguém espiasse pelo buraco da fechadura a intimidade da própria autora e de seus companheiros.

Trabalhando ora num belo preto-e-branco (adoro!), ora em cores, as fotos aproveitam ao máximo a luz natural, o que resulta em imagens fantásticas, com sombras duras ou, em alguns casos, pequena profundidade de campo ou superexposição (as cores sugerem que Lina usa e abusa de filtros vintage). É como um "diário da sensualidade", frisando ângulos aos quais raramente prestamos atenção: um ombro, um pé, uma axila sendo lavada, a expressão lânguida e ao mesmo tempo enlevada do amante durante o orgasmo...

Esses cliques chamaram tanta atenção que Lina Scheynius terá sua primeira exposição individual na Christophe Guye Galerie, em Zurique, a partir do próximo dia 30. Chega de blábláblá e confiram mais um pouco do trabalho dessa fantástica e promissora artista contemporânea:












Fotos: reprodução

6 comentários: